Julgou-se eterno… fez tanto alarde

“Aqui jaz um século
que se chamou moderno
e olhando presunçoso
o passado e o futuro
julgou-se eterno;
século que de si
fez tanto alarde
e, no entanto,
-já vai tarde.” – Affonso Romano de Sant’anna: Epitáfio para o século XX e outros poemas

 

já foi tarde

já foi tarde

Um século, um país, memória e amor

Um século, um país, um mundo de memória e amor