Mal pior que a desgraça

“Se há um mal pior que a desgraça, coube esse mal ao infeliz Édipo!” – Sófocles: Édipo Rei

Manda-me para fora deste país o mais depressa possível! Para um lugar onde ninguém me veja, nem possa dirigir a palavra a nenhum ser humano!

Manda-me para fora deste país o mais depressa possível! Para um lugar onde ninguém me veja, nem possa dirigir a palavra a nenhum ser humano!

 

“(…) tu somente és teu próprio inimigo.” – TIRÉSIAS, em Édipo Rei, de Sófocles

"tens os olhos abertos ã luz, mas não enxergas teus males"

“tens os olhos abertos ã luz, mas não
enxergas teus males”

“Tuas ambições, ergueste-as bem alto, e chegaste a possuir a mais promissora riqueza. Ó Júpiter! Só ele pôde vencer a horrenda Esfinge, de garras aduncas e de cantos enigmáticos e assim apresentou-se diante de nós como uma torre de defesa contra a morte. Desde então, ó Édipo, nós fizemos de ti nosso rei, e, consagrado pelas mais altas honrarias, foste o senhor supremo da poderosa Tebas.”  – CORO, em Édipo Rei, de Sófocles

Só ele pôde vencer a horrenda Esfinge, de garras aduncas e de cantos enigmáticos

Só ele pôde vencer a horrenda Esfinge, de garras aduncas e de cantos enigmáticos

 

Édipo Rei

O pequeno-grande mito ancestral das histórias trágicas