sobre

filmes, café, livros, cerveja, tv, pão de queijo, computador

filmes, café, livros, cerveja, tv, pão de queijo, computador

Webdebee faz comentários ligeiros (nem sempre…)  e despretenciosos (quase nunca…) sobre livros, filmes, música, histórias em quadrinho, séries de TV etc., com leves toques de nerdice (ok. às vezes é muito nerd…).

Basicamente, lê coisas, vê filmes, ouve músicas e depois há um processo meio doido e misterioso (nhé! na verdade, ela sofre de algum tipo de TOC) que resulta nesses posts.

Nessa tarefa ela acaba se perdendo pela web, pesquisando e aprendendo um bocado de coisas (que que eu disse? TOC!). Está tentando fazer os posts mais curtos, mas ainda é meio difícil. Quem sabe um dia, né? (Pfff!)

Chá e Broa de Milho é o tag específico de posts que tratam de literatura + audiovisual  (livros e suas adaptações para o cinema e TV).

13 pensamentos sobre “sobre

  1. Olá,

    gosto bastante de seu blog e quero agradecer ainda pelo seu comentário em:

    https://webdebee.wordpress.com/2008/07/09/nas-nuvens-com-lygia-fagundes-telles/

    Estamos providenciando as correções, em meio a uma grande mudança para o Portal Literal que tem mobilizado há meses toda a nossa equipe:

    A partir do próximo mês, a versão colaborativa web 2.0 do site estará no ar, baseada no modelo Overmundo, que redesenhou o Literal.

    Todos os nossos usuários poderão colaborar com o novo Portal Literal mediante registro, gratuito, e interagir com os conteúdos e a comunidade do Literal, além de enviar seus próprios textos para publicação.

    Ganharemos, assim, um bom time de críticos e autores de diversas gerações e do Brasil inteiro, publicando e tratando de novas obras e clássicos de nossa literatura.

    Contamos com a sua participação no futuro próximo 🙂

    Abraços e muito obrigada!

    Cecilia Giannetti.

  2. Cara, adorei o post sobre Into the Wild.
    Assisti o filme há alguns meses e ele acabou comigo, qdo chegou na foto real do Cris eu estava arrasado. Belas atuações, direção, trilha sonora sem comentários. Aliás, prestou atenção à letra de Guaranteed?

    Círculos que crescem e engolem pessoas inteiras
    Metade de suas vidas dizem boa noite
    para esposas que nunca irão conhecer
    Uma mente cheia de perguntas, e um professor em minha alma.
    E assim vai…

    Parabéns pelas palavras e pelo bom gosto.
    Também tenho um blog, é novo mas vai ficar legal.
    Se quiser confira em: http://factivel.wordpress.com
    Abraços,

    Rubens

  3. Só queria saber por que diabos você não escreve mais. Seus posts andam mais rarefeitos que políticos honestos em Brasília…
    Passado o susto… relaxa. Não é bronca, é ideia. Caí aqui por causa de uma busca (Colégio Pedro II) e gostei muito… e, sério, bem que você poderia escrever com mais frequência. “Quem ele pensa que é pra cobrar qualquer coisa de mim?!”, você pensa. Como você, eu não tenho tempo de sobra, ao contrário, ando devendo. Nada mais justo que eu queira usar o tempo que invento para ler algo surpreendente e inteligente e agradável e totalmente aleatório como a vida deveria sempre ser. É aí que você entra.
    Se quiser me xingar, fique à vontade para fazê-lo num post. Seria uma honra.
    Evandro.
    Post-scriptum: você é da época do Genes? Ele já jogou pingue-pongue comigo.

    • a bronca me assustou, mas valeu a pena. tenho alguns rascunhos e vou ativar o light speed no feriado.
      muito obrigada!!!!!!!!!!
      Desculpa, mas quem é Genes? É do CPII Humaitá?

      • Agradecendo por bronca, humm… Freud deve explicar isso.
        Mas não foi esporro não, repito.
        Isso, Genes foi diretor de lá há alguns (bons) anos. Moyses Genes, acho. Fragmentos de memória.
        Abraço.

  4. Agradecendo por bronca, hein? Hummm… Freud deve explicar isso.
    Não foi esporro, repito.
    Isso, Moyses Genes, acho. Foi diretor de lá há alguns (bons) anos. Fragmento de memória.
    Abraço.

  5. Pingback: Os números de 2010 « Webdebee

  6. Hi! Debbie,
    Adorei seu blog, aliás, de você não esperava outra coisa. Sofisticado, inteligente e sensível, uma verdadeira extensão de sua personalidade.
    Lendo seus posts me recordei de uma amiga de largo sorriso e tiradas bem humoradas, uma moça com um cabelo angelicalmente cacheado cuja inteligência me impressionava. E olhe que impressionar um cara introspectivamente turrão e ultranerd que vivia a beira da mais negra deprê naquele fim de era dark era uma tarefa e tanto.
    Lembrei-me das conversas intermináveis a respeito do incrível universo das HQ s, seriados e seus personagens, e principalmente sobre sua mitologia. Incrível como não mudamos após tanto tempo decorrido… Better, pelo menos nossos interesses não mudaram após tanto tempo decorrido. Mas a vida nos leva a trilhar caminhos e nos distanciar, e acredite quando digo distanciar, não é mera figura de linguagem.
    Já que você tem acesso ao me e-mail, se quiser entrar em cointato será um prazer, afinal como já dizia Spock de Vulcano, o único filósofo que confio e que sempre acreditei,: “ Eu sou e sempre serei seu amigo”.
    Sir Luiz Fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s