Do infinito astral ao folclore brasileiro


(…) segundo a sua visão personalíssima, a música de Bach “vem do infinito astral para se infiltrar na terra como música folclórica”. Bach representava para ele uma “fonte folclórica universal”.

Desse contraponto único, nascerão as Bachianas Brasileira, que Villa-Lobos começa a escrever no ano de seu regresso ao Brasil – 1930. Para o resto do mundo musical, era também a época do “neoclassicismo”, do “retorno a Bach”, como se pode ver em diversas obras de Stravinsky. Mas para Villa, não se tratava apenas de promover o “retorno a Bach”, e sim de estabelecer uma conversa entre as suas duas grandes matrizes musicais: a música de Bach e a dos “chorões”.

— Luiz Paulo Horta: Villa Lobos – Uma Introdução

villa 2

Uma conversa entre as suas duas grandes matrizes musicais: a música de Bach e a dos “chorões”

um bachiano brasileiro

o bachiano brasileiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s