tão escura que o homem da lua encheu a cara


Existe um lugar, alegre e antigo,

ao pé da colina rara;

Lá tem cerveja tão escura

Que o Homem da Lua veio à procura

uma noite e encheu a cara.

O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel – Livro I

Capítulo 9 – No Pônei Saltitante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s