Toda mulher merece ter uma bolsa igual à da Hermione


Harry Potter e as relíquias da morte parte 1

Começa o perrengue final

Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 1

Esse é o episódio inicial do massacre final. Fico pensando nas crianças-adolescentes que cresceram lendo Harry Potter desde o primeiro volume. Se eu tivesse lido o livro 1 (Harry Potter e a Pedra Filosofal) quando foi lançado, e se na época eu tivesse, sei lá, onze anos, acho que enlouqueceria meus pais com delírios de ir para Hogwarts e não para a escola de trouxas…. Mas também imagino que doidera (da boa e da ruim) seria crescer junto com Harry, Hermione e Ron. Crescer com uma turma de amigos que jogam quadribol, estudam feito loucos para os exames, se apaixonam, combatem forças do mal, perdem amigos…

Ao longo da leitura da série, as situações vão ficando cada vez menos infantis e as asperezas e crueldades da vida vão aumentando. Chega-se a novas certezas e inevitáveis desilusões. Livros como capítulos da vida em construção. É… eu tenho essa leitura profunda de um sucesso literário mundial… Fazer o que? Deve ser justamente pela profundidade disfarçada com magos, bruxas e criaturas fantásticas que a série se tornou tão popular.

Mas não quero falar de nada disso. Quero apenas chamar atenção para uma das fantasias mais sensacionais das histórias de fantasia. Me refiro à bolsa da Hemione. Quando li o 7º volume, Harry Potter e as Relíquias da Morte, nem dei tanta importância a esse detalhe.  E, na verdade, nem é uma idéia tão original assim. Mas ver na tela a personagem tirar aquele montão de coisas da bolsa, como se fosse uma cartola de mágico, foi de uma satisfação imensa. Ai, quem dera…

Quem dera poder guardar netbook, livro, revista, celular, chaves, batom, escova de dente, pasta de dente, fio dental, guarda-chuva, modem 3g, escova de cabelo, caneta, bloco de notas, documentos, riocard, crachá, porta-níqueis, óculos de grau, óculos de sol, filtro solar, hidratante, rímel, carregador do celular, lápis preto, sabonete para o rosto, fones do celular, fonte do netbook, protetor labial, cartão do banco, cartão de crédito, um casaquinho (pra aguentar o ar condicionado no ônibus), trocados para o café depois do almoço, creme para as mãos, carteira do plano médico e outras cositas más, tudo na incrível bolsinha da grife Hermione Granger. Ou então nos bolsinhos mágicos da calça five pockets classic jeans HG. Pronto. Isso e poder aparatar/desparatar resolveria muitos problemas.

 

A sensacional e revolucionária bolsa da Hermione Granger

A sensacional e revolucionária bolsa da Hermione Granger

OBS: o tútulo do post eu robei da minha irmã. O insight é todo dela!


2 pensamentos sobre “Toda mulher merece ter uma bolsa igual à da Hermione

  1. Pingback: Tweets that mention Toda mulher merece ter uma bolsa igual à da Hermione « Webdebee -- Topsy.com

  2. Pingback: Restaurante Xapuri « Sem pepino, por favor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s