Loosing track


Agora o Lost está se explicando. Se revelando e se complicando ao mesmo tempo. Onde vamos parar?

O negócio é que, no fundo, nunca me importei com a falta de explicação. Gosto das historietas paralelas, que funcionam independente dos motivos por que os personagens foram parar na ilha. A ilha é só uma desculpa fajuta ou não.

Lógico que dá curiosidade de saber como serão amarradas as pontas da tapeçaria. Mas acho difícil que cheguem a um final tão satisfatório quanto as histórias periféricas, que são boas mesmo que abertas. Lamento pensar que vão secar a fonte das aventuras do Hurley, Sawyer, Kate, Sun e Jin, Locke, Jack, Saiyd…  Bom… vou aproveitando até o fim.

A última ceia dos perdidos

A última ceia dos perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s