No Country for Old Men


Espasmo de brutalidade

Espasmo de brutalidade

Ouvi tantos comentários sobre a estupidez e violência do filme, que não me animei a ver no cinema. Pensei que devia deixar para ver com o estômago preparado, quando não estivesse estressada ou deprê. Só consegui assistir No Country for Old Men na TV (quando estreou no Telecine). Acho até bom o título brasileiro, Onde os Fracos Não Têm Vez. Parece de western.  Mas, no final das contas, nem achei esse horror todo. Acho que Fargo, dos mesmos realizadores, é bem mais angustiante.

Nesse filme dos irmãos Joel e Ethan Cohen, nada acontece como se espera de uma história de tiros, perseguições, automóveis, socos e sangue. Existe a tensão, o suspense, o enredo de assino atrás da vítima, mas os acontecimentos estranhamente não acontecem. O roteiro é subversivo. Como se agitasse um dedo indicador para o expectador e dissesse: “sou um filme de perseguições e tiros com muito sangue e era isso que você queria ver, portanto, não reclame!”

Realmente tem um assassino completamente maluco e assustador (Javier Bardem),  e tem o sujeito (Josh Brolin) que ele persegue. Tem um policial (Tommy Lee Jones) no encalço dos dois. Tem uma inocente mocinha fugindo também. Mas tudo isso não compõe uma narrativa óbvia. E o surpreendente é que, apesar da sensação de desacontecimento e estranheza, há uma história sendo muito bem contada e a violência vira apenas um aspecto dramático meio banal.

Na terra dos durões, um penteado bizarro pode matar de susto. O matador de alguel de Javier “Beiçola” Bardem” entrou para a galeria dos vilões mais assustadores e esquisitos do cinema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s