A Duquesa


Keira Knightly é a bela e triste Georgiana Spencer

Keira Knightly é a bela e triste Georgiana Spencer

Keira Knightly vive uma personagem real da história da Inglaterra.  Lady Georgiana Spencer, que veio a tornar-se a Duquesa de Devonshire, foi uma antepassada da Princesa Diana. E, como num presságio, também ditou a moda em sua época, assim como viveu um casamento muito infeliz.

O Duque, seu esposo, é interpretado perfeitamente por Ralph Fiennes. O típico aristocrata prisioneiro das convenções de sua classe, que tem paixão genuína pela caça e por seus cães e busca uma esposa com o melhor pedigree para gerar seu herdeiro.

Naquele pequeno mundo aristocrático da Inglaterra do século 18, uma história de casamento por e/ou com amor seria quase uma piada obscena. Assim como sua contemporânea Maria Antonieta, que na adolescência deixou a Áustria para se casar com o rei da França, a jovem Georgiana praticamente não hesitou diante da honra de ser pedida em casamento pelo Duque de Devonshire. E adentrou a vida de casada, com todas as ciladas sobre as quais sua mãe (a chiquérrima Charlotte Rampling) nunca a previniu.

Para sobreviver às decepções com um marido distante e mulherengo, que só quer saber de arrancar -lhe um herdeiro, e à solidão, Georgiana “faz uma limonada” e tira partido da admiração que conquista dos outros membros da nobreza, circulando pelos salões com suas roupas, perucas e arranjos de cabelo estravagantes. Ela é a própria “última palavra” em moda da sociedade local. Aproveita a fama também para apoiar as causas políticas que lhe agradam, e nessa vereda, conquista um amante. O futuro Primeiro Ministro da Grã-Bretanha, Charles Grey, que aparece no início do filme entre os amigos da Georgiana adolescente, torna-se o grande amor de sua vida.

Heroína é um misto de Maria Antonieta e Lady Di

Heroína é um misto de Maria Antonieta e Lady Di

Mas o amor e as frivolidades não a livram das obrigações com o Duque, que ainda por cima tem um caso escandaloso com a melhor amiga de Georgiana. Ela não tem muita escolha, a não ser se submeter. E entre locações, cenários e figurinos fabulosos, a triste sina dA Duquesa é contada. Keira Knightly está ótima. Mais madura e segura para interpretar sua conterrânea, cuja história assombra pelo aspecto premonitório. Uma revolução está para acontecer e mudará o mundo. Mas não impedirá que outra bela e amada princesa do povo tenha uma mesma sina triste e até mais trágica que a de Gerogiana.

Anúncios

Um pensamento sobre “A Duquesa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s